Você está sendo manipulado pelo seu celular?

 

Você controla seu aparelho celular ou seu celular é que está no controle da sua vida?

Acredite, você está sendo manipulado pelo seu celular.

 

Já notou que esse “aparelhinho” que cabe no seu bolso está presente a maior parte do seu dia em suas mãos, roubando a atenção dos seus olhos.

Olha em volta, no metrô, nos restaurantes, nas escolas, no cabeleireiro, nos consultórios, na frente da TV. As consequências do uso desmedido são sérias para sua saúde física e mental.

A revista VOCÊ S/A de outubro/18 traz uma matéria sobre o assunto, onde diz que estudos mostram que o celular causa déficit de atenção, problemas de foco, estresse, ansiedade e insônia.

 

Abaixo listei 5 de inúmeros problemas causados pelo excesso de uso do celular:

 

Desalinhamento corporal e dor no pescoço – ao usar o telefone celular o nosso pescoço fica inclinado para baixo e esse hábito prejudica nossa coluna vertebral. Às vezes deitados seguramos o aparelho por horas ou ao atender seguramos o aparelho entre o pescoço e os ombros para utilizarmos as mãos em outros afazeres. Esses hábitos causam dores nas costas e pescoço que vão desde uma dor crônica até espasmos musculares graves.

Ao digitar, jogar, navegar nas telas usamos, principalmente, nossos polegares e com o tempo essa ação repetida pode causar tendinite ou inflamação, e se não for cuidado, evoluir para uma osteoartrite ao longo do tempo.

 

Causa estresse – A cada poucos minutos os alertas do seu celular sinalizam que alguém está te procurando. Você tenta não olhar…mas pode ser algo importante!

Estudos comprovam que o uso extensivo de telefones celulares tem ligação direta com o aumento do nível de estresse, provocando perturbações e sintomas de depressão do sono.

Além disso, o zumbido constante dos alertas vibrando com lembretes pode gerar mais compromissos inúteis e elevar suas tarefas, diminuir seu desempenho, roubar seu tempo e isso aumenta seu estresse.

 

Transmissores de bactérias – Uma pesquisa realizada em 2011, pela Universidade de Londres, apresentou 400 bactérias diferentes em 92% dos celulares avaliados.

Se você usar seu celular no mercado, hospital, locais públicos, há grande chance do seu dispositivo estar carregando alto índice de bactérias.

Higienização constante minimiza esse problema.

 

Problemas de visão – Como as telas móveis são menores do que as telas ce computadores, são mais propensas a forçar sua visão durante a leitura de mensagens.

A tendência natural humana é aproximar o dispositivo para ler e isso expõe seus olhos a luz-violeta emitida pela tela do celular. Essa luz em excesso pode causar degeneração macular, causar catarata e afetar a retina e a córnea – citou o Dr. Fernando Adriano – Oftalmologista do Hospital CEMA.

Quando estiver lendo no celular, pisque mais vezes para lubrificar seus olhos e faça pausas regulares para que sua visão descanse.

vocêestasendomanipuladopeloseucelularI

 

Prejudica o sono – Dormir perto de uma tela ligada como TV, notebook, tablete e celulares pode ser prejudicial à qualidade do seu sono.

A luz emitida por esses aparelhos afeta o ritmo natural do seu corpo, ativa sua atenção e produção de hormônios que deixa você alerta.

A insônia e distúrbios do sono são uma causa direta da síndrome metabólica. Aquele conjunto de doenças causadas pela internet.

 

O que quero dizer com esse artigo é que o dispositivo é essencial nos dias de hoje e cada vez mais atrativo, mais bonito, mais sedutor com aplicativos que facilitam nossa vida!

Mas somos nós que devemos manipular essa tecnologia e não o contrário. Eles não podem roubar nosso tempo, nossa saúde, nossos amigos reais.

Ao pensar em liberar espaço no seu aparelho substitua por espaços na sua agenda para atividades simples como ler um livro, fazer exercícios, conversar frente a frente com seus amigos.

Você no controle, sempre!

 

Eliana Figueiredo

Diretora da Branding Marcas Brasil

Especialista em Gestão de Marcas Corporativas e Pessoais

Faça um comentário