Influenciadores são importantes para as campanhas digitais?

Estamos vivendo a era dos “Influenciadores digitais”. São eles que levam multidões de seguidores a comprar ou denegrir a imagem de um produto ou serviço. Por isso, questionamos: Influenciadores são importantes para as campanhas digitais?

 

Sim, eu te respondo. Segundo estudos realizados pela  Schlesinger Associates para Augure, mais de 80% dos planejamentos de marketing que envolveram influenciadores digitais em suas estratégias de campanha obtiveram melhores resultados de alcance, relevância e engajamento.

 

Mas, como escolher esses influenciadores?

 

Exatamente avaliando esses pontos citados no parágrafo anterior: Alcance, Relevância e Engajamento.

 

Alcance – Você já deve ter notado que quantidade de seguidores não é sinônimo de qualidade em relacionamento nas redes sociais. A pessoa que tem uma conta com 100 mil seguidores terá um alcance muito maior do que aquele que tem 20 mil, certo? Será????

E se o post desse que tem 20 mil seguidores tiver 3 mil curtidas, 800 comentários e 50% de visualização. Enquanto o que tem 100 mil seguidores teve apenas 300 curtidas, 100 comentários e 30% de visualização.

Pense nisso!

O alcance de um influenciador deve ser medido, avaliado constantemente para saber se os seguidores são reais e não comprados –os chamados seguidores “FAKERS”.

Esclarecido essa dúvida, podemos calcular o alcance dos influenciadores somando o número dos seguidores de todas as suas redes sociais. Agora se a campanha for em apenas duas redes, facebook e Instagram por exemplo, vamos somar os seguidores dessas duas e teremos o alcance para gerar o orçamento de valor daquele post.

 

Relevância – Para analisar a relevância do influenciador precisamos de métricas qualitativas das postagens dele, feitas nas redes sociais.

Devemos analisar:

  • Assuntos abordados;
  • Reputação;
  • Metas e interesses;
  • Linguagem;
  • Público seguidor.

Assuntos abordados: Seu produto pode ser divulgado dentro dos contextos de post dessa influenciadora. Ela fala sobre moda e beleza e seu produto é equipamento agrícola de grande porte. Não preciso continuar, certo?

Reputação: Essa influenciadora gera credibilidade ao seu produto? Os comentários são positivos ao que ela escreve? Ela possui alguns cases de sucesso? Tem experiência ou conhecimento no que se propõe a escrever?

Metas e Interesses: Avalie a sua escolha de influenciadores em relação ao que é postado ao seu público alvo. Ex.: postagens direcionadas ao público de mamães. Se público é esse? Perfeito, então!

Linguagem: A forma como esse influenciador se comunica com seus seguidores é condizente com a forma que sua empresa gostaria? Ex.: Sua empresa é defensora dos animais abandonados. Prestar atenção se esse influenciador tem esses valores, não pode haver conflito de linguagem em relação a exposição da sua marca.

Público alvo: Avalie se os seguidores desse influenciador é seu público de interesse. Ele tem 100 mil seguidores mas somente 10 mil é interessante para seu produto, vamos refazer o calcula de alcance.

 

Engajamento – Melhor parte é o engajamento. Qual o relacionamento que esse influenciador tem com sua audiência.

  • Ele responde aos comentários?
  • Ele interage de forma amigável?
  • Quantos likes ele recebe?
  • Os posts são compartilhados?

 

O engajamento é a avaliação mais importante porque seguidores engajados compram mais os produtos anunciados.

Assim, você garante que seu investimento está sendo bem empregado e há maior chance de sua campanha digital se bem sucedida.

Acrescentaria a parte do merchandising.

Mas vamos deixar para o próximo artigo.

 

Eliana Figueiredo

Especialista em Marcas Corporativas e Pessoais

Diretora da Branding Marcas Brasil

Faça um comentário